PASTORAIS E MOVIMENTOS

PASTORAIS E MOVIMENTOS

Como Missionária de Jesus Cristo e com a invocação e intercessão de Nossa Sra. Da Purificação, a nossa Paróquia, no sentido de união e reflexão, conta com o apoio de diversos grupos na comunidade visando a evangelização e o crescimento no testemunho de participação, a partir da realidade local, da reflexão da palavra de Deus e dos ensinamentos da igreja, fortalecendo a caminhada do povo católico de Prado.

 

APOSTOLADO DA ORAÇÃO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

O Apostolado da Oração do Sagrado Coração de Jesus, movimento de fé católica da Paróquia Nossa Senhora da Purificação, que dentro dos princípios sociais na Igreja Católica, caminha lado a lado dos fiéis e das famílias pradenses com o compromisso do respeito e do conhecimento da palavra junto ao povo de Deus.

É uma instituição centenária, cujos 100 anos foram comemorados com muito júbilo, em 07 de Abril de 2014, com destaque para o lema: “Nenhum sucesso da vida compensa o fracasso da família.”

Fundado em 07 de Abril de 1914, pelo Pe. Antônio Bernardo do Rosário e pela senhora Maria Amélia de Magalhães Menezes, o Apostolado da Oração vem desenvolvendo várias ações de apoio a evangelização e a fé católica na comunidade pradense. O salão do Apostolado da Oração foi reconstruído e inaugurado em 11 de junho de 2010, pela diretoria do biênio 2009/2010.

IRMANDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO

A festa do Divino Espírito Santo ocorre anualmente no Domingo de Pentecostes, data importante do calendário litúrgico cristão, após 50 dias das comemorações da Páscoa. A comemoração ao Divino Espírito Santo surgiu em Portugal no Século XIV. Trazida ao Brasil por volta de 1700, a Irmandade do Divino Espírito Santo ganhou um contexto mais significativo na religião, na cultura, na história social e no folclore depois das comemorações religiosas em diversas cidades do país.

A primeira cidade do Brasil a festejar a data foi Salvador, depois Porto Seguro, só chegando a Prado por volta do ano de 1900. Inicialmente o momento era chamado de Irmandade do Santíssimo Sacramento.

No ano de 1992, a Irmandade passou a se chamar Irmandade do Divino Espírito Santo.

Com a chegada do Frei Olavo para assumir a Paróquia de Prado, a Irmandade se reestruturou, criou Diretoria, organizou-se como movimento católico de expressão nas comemorações das festas do calendário litúrgico na comunidade.

A letra do Hino em louvor ao Divino Espírito Santo é de autoria do Sr. Prossidone Santana de Jesus. As cores predominantes da Irmandade são o branco em alusão aos sete dons do Espírito Santo e o vermelho que significa o fogo abrasador.

As vestimentas utilizadas são: opa para os homens e faixa para as mulheres, ambos com o distintivo do Divino Espírito Santo, que é a Pomba Branca.

Os foliões cantam músicas ao som dos tambores e caixa de guerra e levam a bandeira vermelha do Espírito Santo sobre os apóstolos.

Na véspera da festa, ocorre a Esmola do Pão Bento, na qual a irmandade sai pelas ruas da cidade arrecadando esmolas e distribuindo três pães que são a representação do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

IRMANDADE DE SÃO BENEDITO

A Irmandade de São Benedito teve em sua origem o nome de: Organização da Devoção de São Benedito, em 11 de Abril do ano de 1903.

O Padre Antônio Bernardo do Rosário, vigário da então freguesia da Paróquia Nossa Senhora da Purificação, autorizado pelo Arcebispo da Bahia Dom Jerônimo Tome da Silva, quando em visita pastoral, no mês de fevereiro daquele mesmo ano, de acordo com o registro da primeira ata, declarou a sua criação em homenagem ao glorioso São Benedito, cuja devoção ficaria sob o domínio do vigário da freguesia e a ela somente poderiam ser incorporadas as pessoas que prometessem bem servir a santa causa, para que esteva sendo destinada a mesma devoção.

Neste mesmo dia, realizou-se a eleição para formação da primeira diretoria.

IRMANDADE DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO

Celebrada em 08 de Dezembro, o dia de N. Sra. Da Conceição era muito reverenciado por todos os seus devotos. A imagem ocupa um dos altares da Igreja Matriz. Dona Julinha Junqueira foi lembrada como uma antiga presidenta da Irmandade. As irmãs usavam branco e no peito uma fita azul com a medalha da santa. Sábado era o dia dedicado ao louvor, do Ofício à Nossa Senhora e a Ladainha. Neste dia também usava-se arrecadar fundos, pedindo esmolas nas portas.

Eram as sacolinhas azuis, de seda, que ficavam no período de um mês nas casas das irmãs. O pedido era feito da seguinte maneira:

– Esmola para N.Sra. da Conceição!

Ao receber agradeciam. Quando não tinham dinheiro, respondiam: perdoe!

O que arrecadavam era entregue a dirigente para encaminhar parte à Igreja e despesas da Irmandade. No dia seguinte, nove de novembro, celebrava a missa das irmãs falecidas.

Nesta época as senhoras casadas e viúvas usavam véu preto e as adolescentes e solteiras, mesmo idosas, usavam o véu branco. Com o passar do tempo os membros foram diminuindo, até findar a irmandade.

IRMANDADE NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO

Dos dois outros altares que existiam na Igreja Matriz, um deles era de Nossa Senhora do Rosário que tinha irmandade com muitos fiéis devotos. Usavam roupas brancas e fita cor de rosa.

A responsável pela irmandade era dona Tercilinha Freitas, pessoa atuante no andamento da igreja. Possuía  a irmandade um grupo que se deslocava para o sertão para arrecadar fundos, era a esmola, comandada pelo Sr. Porsidônio, tinha tambores e muita alegria. Quando retornavam eram recebidos com festa na casa de dona Euzébia, com muito batuque e samba:

“Chegou, chegou. A mãe de Deus e do Rosário chegou.”

Assim como a Irmandade de Nossa Senhora da Conceição, com o passar do tempo os membros foram diminuindo, até findar a irmandade.

 

TERÇO DOS HOMENS

Com o objetivo de obter uma participação maior dos homens em nossa comunidade. Fernando Otoni Pimenta, com o apoio espiritual do Padre Ariston Domingues de Araújo, resolveu organizar o Terço dos Homens, movimento mariano da Paróquia Nossa Senhora da Purificação, que deu início no dia 18/08/2010, sempre às 6h00min na Igreja Matriz.

A reza do Terço é uma prática de amor, por meio da meditação na fé que oferecemos à Virgem Maria. Nesse sentido, graças as bênçãos de Deus, por intercessão de Nossa Senhora da Purificação, o Terço dos Homens tem crescido em número de pessoas e o que é mais importante; a convivência em harmonia cristã e a elevação da consciência espiritual dos seus membros.

Além de rezarem o terço, os membros desse movimento tem prestado grande auxílio aos homens da comunidade que necessitam de ajuda em seu dia-a-dia, dão banho, realizam as orações nas residências dos que não podem ir à igreja, enfim, se colocam a disposição dos que precisam, sempre com muita harmonia e disposição baseados na Fé.

CÍRCULO BÍBLICO

Os Círculos Bíblicos da Paróquia Nossa Senhora da Purificação surgiram através da evangelização das Irmãs Dorotéias e no ano de 1980 com pequenos grupos que se estenderam aos bairros mais carentes da comunidade, levando sempre a Boa Nova de Jesus Cristo.

De função essencialmente Missionária, os Círculos Bíblicos atuam junto as famílias, em suas residências, com o objetivo de dar oportunidade aos paroquianos que por algum motivo estejam afastados da Igreja a participarem da vida cristã e cultuarem a palavra de Deus.

Hoje, em nossa paróquia, existem dezessete grupos capacitados para atuarem como missionários da palavra de Deus, criando novas comunidades fraternas com base na reflexão sobre a vida e na leitura da Bíblia.

 

RENOVAÇÃO CARISMÁTICA

Movimento mundial ligado à Igreja, onde o próprio Espírito Santo por meio de direcionamento dos dons espirituais permite aos seus membros anunciar que Cristo é o Senhor.

O movimento da Renovação Carismática Católica surgiu em Nossa Paróquia no ano de 1991, com o objetivo buscar uma maior participação dos jovens na vida da Igreja. É também  um movimento que dentro dos dogmas da Igreja Católica, procura oferecer uma abordagem inovadora às formas tradicionais de doutrinação para renovar práticas dos ritos da Igreja, sem desviar-se da Doutrina Católica, permanecendo fiel a todos os preceitos católicos romanos.

O grupo de oração Isaías foi o primeiro a ser formado e está ativo até os dias atuais, as reuniões acontecem às quartas-feiras na Igreja Matriz.

No ano de 1993 formou-se o Grupo de Oração Reviver, que se reúne na Capela da Comunidade São Sebastião todas as terças-feiras e, em 2001 foi a vez da fundação do grupo de Oração Deus Proverá, que se reúne na Capela da comunidade São Braz todos os sábados.

 

MOMENTO DA MÃE PEREGRINA

O Movimento da Mãe Peregrina, no Setor IV da nossa Diocese, vem mostrando o entusiasmo e a devoção a Mãe de Jesus, seguindo o ritual que deu início a este tão belo movimento.

Na paróquia de Nossa Senhora da Purificação de Prado, o movimento foi implantado em 1997. Cada grupo é acompanhado pela missionária que controla a lista das famílias visitadas, participando dos encontros do dia da Aliança, 18 de cada mês, ocasião em que a coordenadora manda celebrar missa na intenção de todas as famílias.

CORAL DO APOSTOLADO DA ORAÇÃO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

Movimento Católico vinculado ao Apostolado da Oração Sagrado Coração de Jesus e grande auxiliar da Pastoral Litúrgica da Paróquia, o Coral do Apostolado iniciou suas atividades no dia 25/08/1998, quando pela primeira vez, com muita alegria e vibração as cantoras entoaram o Hino do Apostolado.

Inicialmente o coral foi denominado Canto do Rouxinol, hoje Coral do Apostolado Sagrado Coração de Jesus, sempre participando das celebrações litúrgicas.

O Coral tem procurado corresponder ao sentimento de fé católica do povo de Deus, fazendo-o participar diretamente das funções litúrgicas conforme orientação da igreja, estando presente na liturgia dominical, nas primeiras sextas-feiras devocionada ao Sagrado Coração de Jesus e nas celebrações solicitadas pela Pastoral da Liturgia.

O canto é uma linguagem privilegiada que exprime e manifesta a alma. É do canto que vivenciamos a alegria de participar da vida religiosa do povo de Deus.

 

CORAL DA JUVENTUDE

Em setembro de 2013, o Padre Aldomiro teve a ideia inspirada por Deus, de formar um coral da jovens para presentear o menino Jesus, na comemoração de seu nascimento, uma “Cantada de Natal”. Os ensaios começaram no mês de Setembro, com um grupo inicial de 21 jovens. Depois da primeira apresentação na Vigília de Natal, no dia 24/12/2013, o coral da Juventude apresentou-se ainda nas novenas de São Sebastião, de Nossa Senhora da Purificação e de São Brás.

A MARUJADA, ANTIGA “RODA DE SAMBA”.

Movimento integrado à Irmandade de São Benedito, surgiu pela ação de um grupo chamado de “Roda de Samba”, formado por homens da zona rural, mais ou menos em número de quinze a vinte pessoas, que participavam de todas as festas religiosas de Prado. Eles cantavam e dançavam até o amanhecer nas ruas da cidade. Todos os anos comemora-se, um dia após a celebração da Páscoa do Senhor, o dia de São Benedito, os integrantes da marajuda trajam-se com chapéus, camisas e calças brancas enfeitadas com fitas multicoloridas em homenagem ao santo. Liturgicamente é celebrado pela Igreja, no dia 05 de Outubro.

A partir do ano de 1929, a “Roda de Samba” passou a ser denominada “MARAJUDA”.

Um dos cantos mais famosos da Marujada: “Oh! Que procissão bonita, São Benedito que formou…” é cantada efusivamente durante as festas em homenagem a São Benedito.

MOUROS X CRISTÃOS

Festividade em homenagem a São Sebastião, que, por muito tempo foi realizada no dia 03 de fevereiro, logo após a festa da padroeira.

Representa as lutas entre Mouros e Cristãos ocorridas na Idade Média; quando os muçulmanos que viviam no continente africano resolveram aventurar-se, indo para o continente europeu que já tinha a religião cristã instituída. Daí nasce o conflito de cunho religioso revivido na festa de São Sebastião.

É formado por dois grupos distintos: os Mouros, trajados de vermelho e que tem como símbolo o sol e os Cristãos, trajados de azul, levam em seu manto a cruz de Cristo.

Percorrem as ruas em alas, tendo ao centro os Oficiais (Capitão, Embaixador e Alferes). Os Sargentos e Soldados os ladeiam, não cantam, marcham ao som de uma flauta de bambu e tambor. Para cada ato existe um toque musical de flauta.

Hoje a festa em homenagem a São Sebastião acontece nos dias: 11 a 20 de Janeiro, dentro do Calendário Litúrgico da Igreja e é festejada pela Comunidade São Sebastião.

 

MINISTRO EXTRAORDINÁRIO DA SAGRADA COMUNHÃO EUCARÍSTICA – MESCE

 

“Augustíssimo sacramento é a Santíssima Eucaristia na qual se contém, se oferece e se recebe o próprio Cristo Senhor e pela qual continuamente se vive e cresce a Igreja. O Sacrifício eucarístico memorial da morte e ressurreição do Senhor, em que se perpetua pelos séculos o Sacrifício da Cruz, é o ápice e a fonte de todo o culto da vida cristã, por ela é significada e se realiza a unidade do povo de Deus e se completa a construção do Corpo de Cristo. (Cân.897)

O Sacramento da Eucaristia foi instituído por Jesus Cristo na última ceia, com a finalidade de perpetuar o sacrifício da salvação através dos séculos, até a sua volta. Significa que todas as vezes que se celebra o memorial deste sacrifício, renova-se a obra da redenção e atualiza-se o Mistério Pascal de Cristo: vida, paixão, morte, ressureição e ascensão. (Cf.SC 47 e CIC 1323)

O Ministério da Comunhão foi criado na Paróquia Nossa Senhora da Purificação, no ano de 1996.

Atualmente existem trinta e cinco Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão Eucarística exercendo seu serviço nas diversas comunidades vinculadas à nossa Paróquia.

Os Ministros Extraordinários são pessoas com boa prática de caminhada na vida da igreja, que antes de assumirem seus mistérios, receberam uma formação litúrgica e que lhes permitiram exercer suas funções com a máxima dignidade e decoro. Participando das missas, visita aos enfermos e idosos e distribuindo a Santa Eucaristia em casos especiais permitidos pela Santa Igreja de acordo com a Instrução Geral do Missal Romano – IGMR.

Anualmente existe um retiro espiritual para avaliação das atividades direcionadas pela igreja junto à vida comunitária.

 

 

PASTORAL DA LITURGIA

A Pastoral da Liturgia é um movimento denominado como fonte e vértice da vida da Igreja Católica, sua base é focada em princípios teológicos e versa sobre a salvação na igreja e no mundo, tem o objetivo de preparar com antecedência os tópicos e as ações que serão apresentadas nas celebrações diárias do calendário litúrgico da igreja.

A equipe exerce seu ministério em espírito de comunhão e sempre atenta em seguir fielmente as diretrizes das celebrações litúrgicas da igreja.

Mesmo com dificuldade, em tempos anteriores, sempre existiu na Paróquia uma equipe litúrgica, mas ela só foi mesmo desenvolvida de forma ordenada no ano de 1995, com a criação da figura do coordenador litúrgico.

Em 2006, com uma nova formação da equipe litúrgica, o Padre Ariston Domingues assumiu a coordenação.

Em maio de 2014, após uma formação litúrgica diocesana, foi-nos apresentado o modelo desejado pela Diocese.

PASTORAL DO DÍZIMO

Pastoral criada na Paróquia de Nossa Senhora da Purificação no ano de 1998.

Tem como princípio o compromisso e testemunho de fé, experiência de amor e gratidão a Deus. Concretamente, devolução de um pouco daquilo que ganhamos e recebemos a fim de que a igreja possa levar adiante o projeto de evangelização de Jesus.

O dízimo é também uma doação regular e proporcional aos rendimentos do fiel, que toda pessoa batizada deve assumir. É uma maneira que o cristão tem para manifestar sua fé em Deus e seu amor ao próximo, pois é por meio dela que a igreja se mantém em atividade e realiza muitíssimas obras de caridade e assistência aos menos favorecidos. Pelo dízimo, podemos viver as três virtudes mais importantes para todo cristão. A Fé, a Esperança e o Amor-caridade, que nos leva mais perto de Deus.

 

PASTORAL DO BATISMO

A Pastoral do Batismo da Paróquia Nossa Senhora da Purificação foi criada no ano de 1997, aperfeiçoando mais o movimento que já existia na paróquia há muitos anos. Formada por cristãos católicos leigos que são levados a uma preparação espiritual para atuação nas comunidades, é um movimento importante em apoio aos trabalhos do vigário, objetiva informar, instruir e conscientizar os pais e os padrinhos para este ato sacramental, visando a condução gradativa dos batizados às atividades cristãs e na vida das celebrações da Igreja.

O batismo nos incorpora a Cristo, tornando-os membros do povo de Deus, perdoando-nos todos os pecados, transformando em nova criatura pela água e pelo Espírito Santo.

O Sacramento do Batismo não se resume apenas em batizar. É necessário vivenciar, testemunhar e ensinar pais, filhos e padrinhos a serem cristãos autênticos e fiéis seguidores de Jesus Cristo.

PASTORAL DA CATEQUESE

Dando continuidade ao trabalho de evangelização prestado pelas Irmãs Dorotéias, a Sra. Gorete assumiu a coordenação da Pastoral da Catequese no ano de 1983, que, motivada pelo Frei Cleto, preparou um grupo de catequistas para evangelizar crianças da pré-eucaristia, Primeira Eucaristia e Perseverança, com o passar do tempo o Crisma.

A Catequese foi constante em nossa paróquia, desde o tempo dos freis franciscanos, nas escolas pelos professores, com as irmãs Dorotéias e atualmente a Pastoral da Catequese, plantada na terra virgem do coração a ideia de Deus, a consciência de dignidade humana e o valor da vida.

Os primeiros encontros aconteceram na colônia dos pescadores e no Colégio Anísio Teixeira. Aos poucos foi crescendo o número de catequistas e essa evangelização foi se expandindo nas comunidades como a São Sebastião, São Brás, dentre outras.

Os catequistas realizam o trabalho com muita dedicação, a evangelização de crianças, jovens e adultos, através da Palavra de Deus.

 

SETOR JUVENTUDE

A Igreja tem incentivado, cada vez com maior frequência, o jovem a ser participante tanto nas atividades pastorais, quanto nas decisões da comunidade. Muitos são os grupos de jovens que já existiram e que ainda existem em nossa Paróquia. O primeiro teve início no ano de 1980, num período em que saía da administração da Paróquia o Frei Hipólito e entrava o Frei Cleto. Tinha por nome JUP (Jovens Unidos Pradenses). O objetivo do grupo era vivenciar a união, a fraternidade e a vivência na fé. A tão conhecida “Casa Shalon”, foi um terreno doado ao mencionado grupo. O mesmo durou por cerca de nove anos.

No ano de 1985, surgiu o Grupo Shalon, na Igreja Matriz. O mesmo teve quatro anos de existência. Deste grupo surgiu o Coral Emanuel, no ano de 1987, tendo por nome Jovens Amigos em Cristo – JAMEC, que atuou até o término do ano de 1998. Principalmente na comunidade São Sebastião. Tal grupo levava outras pastorais e movimentos para que as comunidades distantes conhecessem e pudessem participar , como por exemplo, a Pastoral da Catequese e a Pastoral da Criança.

Em 1998 surgiu também na matriz, o Grupo Tropa de Resgate, que funcionou até o ano de 2013. Tal grupo era ligado a Renovação Carismática Católica e promovia retiros, encontros com os jovens, tendo como prioridade a evangelização dos mesmos. Em 2006 teve início na Matriz a Pastoral da Juventude – PJ, tendo seu término no ano de 2008. O objetivo da pastoral era formar jovens capacitados a atuarem, na Pastoral da Juventude, e em outras pastorais e movimentos da Igreja, comprometidos com a sociedade, levando uma vida de comunhão e participação.

Na comunidade São Brás, no ano de 2010, surgiu o Grupo Deus Proverá na Juventude – DPJ, ligado a Renovação Carismática. Tal grupo realizou no ano de 2015 o 2º Deus Proverá na Juventude, um encontro para todos os jovens, com pregações, apresentações de dança, teatro e música, finalizando com a Santa Missa.

Em 2012 surgiu em Cumuruxatiba o Grupo Jovem NGC (Nova Geração em Cristo), com o objetivo de vivenciar os dons no Espírito Santo.

Em 02 de agosto de 2013, surgiu na Matriz o Grupo Jovem Agnus Dei, com o objetivo de vivenciar o Evangelho, sendo discípulos e missionários de Cristo, buscando conhecer a Santa Mãe Igreja e a colocar em prática no dia-a-dia o que ela nos ensina. O grupo organizou no ano de 2014 o Natal com as crianças, fez várias missões na comunidade Barro de Cima,e busca estar presente nas comunidades da Paróquia sempre que pode. Em maio de 2016 organizou o 1º Encontro Mariano com a Juventude, reunindo toda a juventude católica da Paróquia.

Ainda em 2016, surgiu um grupo de jovens na comunidade São Sebastião. No momento do surgimento contou com o apoio do Grupo Jovem Agnus Dei, e houve um entrosamento muito bom. Nesse ano de 2017 o Grupo completou um ano.

 

PASTORAL DA CRIANÇA

 

Idealizada no Brasil pela médica sanitarista Drª Zilda Arns, com o apoio do Cardeal de São Paulo, em 1982, Dom Paulo Evaristo Arns, foi criada a Pastoral da Criança com o objetivo de combater e diminuir os casos de mortalidade infantil que constituía, na época, um número alarmante de crianças atingidas.

Aqui em Prado, a Pastoral da Criança foi fundada no final da década de 80, quando a então médica Drª Rita Ramos de Souza diagnosticou problemas de saúde em crianças menores de um ano que levavam, na maioria das vezes, a óbito.

Na oportunidade, em reunião com Drª Rita e mais trinta colaboradores, o Frei Cleto implantou a Pastoral da Criança na Paróquia Nossa Senhora da Purificação do Prado.

 

PASTORAL DA ACOLHIDA

A Pastoral da Acolhida, movimento integrante na Paróquia Nossa Senhora da Purificação, foi fundada em 11 de Setembro de 2012.

Tem como tema: “Acolhei-vos uns aos outros, como Cristo nos acolheu para a Glória do Pai” (Romanos 15,7), e o ideal da pastoral é passar uma imagem de comunidade missionária e acolhedora.

A Acolhida faz parte da Pastoral Litúrgica, nas solenidades da Igreja, no decorrer do ano.

O principal objetivo da Pastoral da Acolhida é atrair e conquistar cada vez mais a comunidade, cultivando o sentido de que somos uma grande família.

 

PASTORAL DOS CERIMONIÁRIOS E COROINHAS

 

Movimento de fé cristã, criado na nossa paróquia em 07/02/2010, com o objetivo de agregar jovens de família católica para auxiliar o pároco nos serviços do Reino de Deus durante as missas e outras atividades religiosas na comunidade. Sendo assim, no dia 15/08/2010, aconteceu sob a presidência do Padre Ariston, a apresentação oficial destes, onde os familiares e a comunidade local puderam participar com muita alegria das atividades da criação da pastoral.

Hoje a pastoral é composta por quatro cerimoniários e trinta coroinhas.

 

PASTORAL FAMILIAR

Considerada como o “eixo” das pastorais, devido à importância da família na nossa sociedade, a Pastoral Familiar é muito ampla e age unida a outras pastorais e movimentos da Igreja Católica, teve início em Prado no ano de 1999.

O seu objetivo é a evangelização, fornecendo orientações para a vivência familiar, levando a todos a Boa Nova do Sacramento do Matrimônio, para defender e promover a vida e o amor, com valores essenciais da dignidade humana.

Na Paróquia Nossa Senhora da Purificação, a  Pastoral atua de forma bem dinâmica e tem conseguido seus objetivos mantendo um constante diálogo com as famílias, como também interferindo e reestruturando algumas famílias às margens da sociedade.

Após mais de uma década de atividades na comunidade pradense, podemos destacar a atuação da pastoral na preparação espiritual para noivos, encontros nas casas de família, organização da Semana da Família, Semana do Nascituro, visitas domiciliares às famílias que se encontram em comemorativos aos dias dos pais e das mães, realização de palestras nas escolas do ensino fundamental e do ensino médio sobre temas sociais. Atrás do apoio do Instituto Nacional da Pastoral Familiar – INOPAF foram realizados cursos de capacitações para seus membros.

PASTORAL CARCERÁRIA

A primeira atividade da Pastoral Carcerária da Paróquia Nossa Senhora da Purificação aconteceu no ano de 1995, através das novenas de Natal, realizadas na prisão da Delegacia da cidade.

Normalmente, a Pastoral realiza visitas aos presos, especialmente quando doentes, nas enfermarias ou nas celas onde os mesmos cumprem sua pena. Realizam também celebrações, encontros de reflexão, formação cristã, círculos bíblicos.

Atualmente  a Pastoral suspendeu temporariamente as atividades que vinham sendo desenvolvidas em virtude da interdição da delegacia lcoal, aguardando tão somente a reforma da mesma para reiniciar seus trabalhos de evangelização.

PASTORAL DA SOBRIEDADE

Foi criado em nossa Paróquia no ano de 1995, com o objetivo de acolher, nos grupos de autoajuda, as pessoas dependentes de qualquer tipo de vícios que as coloca à margem da sociedade e fora do convívio sadio de suas famílias, ou seja, auxilia a pessoa no resgate de sua fé e na dignidade humana.

Atua também junto ao Grupo Renascer de Alcóolicos Anônimos – AA, que atua há mais de vinte e sete anos em nossa comunidade.

A Pastoral da Sobriedade é a ação da Igreja na prevenção e na recuperação da dependência química e outras dependências, que segue os doze passos propostos no Programa de Vida Nova, que está baseado na Palavra de Deus e na pedagogia de Jesus Cristo libertador.

As reuniões acontecem nas sextas-feiras na sede da Pastoral da Criança.

Em nossa Paróquia, a Pastoral foi reativada em 24/08/2013, com o curso de formação e capacitação para os agentes.

 

PASTORAL DA PESSOA IDOSA

Em virtude do apelo do Papa João Paulo II, para que “Cada comunidade acompanhe com compreensão amorosa todos os que envelhecem”, surge uma história de amor e esperança iniciada em Prado, no dia 05 de abril de 2008, a Pastoral da Pessoa Idosa.

Tem como missão a promoção e valorização da pessoa idosa, dando-lhe a oportunidade para melhorar sua qualidade de vida, respeitando seus direitos por um processo educativo integrado à sua família e à comunidade, com a formação de redes comunitárias de líderes voluntários, que multiplicam o saber e a solidariedade fraterna.

“Ensinai-nos a bem contar os nossos anos, e dai ao nosso coração sabedoria.” – Salmos 90(89)

 

 

Fonte: Livro “PRADO: Da Freguesia aos tempos atuais”.